22/11/2011

gabarito prova completa 2º ano sociologia

2º ano – AT3




01 - (UFRN)

No período de 1970 a 2000, o Brasil apresentou alterações na composição das exportações, envolvendo produtos primários (agrícolas e minerais), produtos semimanufaturados (produtos primários que sofreram algum processamento industrial) e produtos manufaturados (que foram produzidos pelas indústrias).

O Gráfico a seguir apresenta a composição das exportações do Brasil, no período citado.





Disponível em:

http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/interna.php?area=5&menu=1846&refr=608.

Acesso em 25 jul. 2010.



Observando-se as informações do Gráfico e considerando-se a dinâmica da economia brasileira, pode-se afirmar que,



a) em 2000, a baixa participação dos produtos primários na composição das exportações resulta da ampliação das barreiras protecionistas e do baixo investimento do capital estrangeiro no setor.

b) em 1970, a política de liberalização da economia implementada pelo Estado foi responsável pela elevada participação dos produtos primários na composição das exportações brasileiras.

c) em 1970, a política de privatização do setor industrial, estimulada pelo Estado, contribuiu para a baixa participação dos produtos manufaturados na composição das exportações brasileiras.

d) em 2000, a elevada participação dos produtos manufaturados na composição das exportações reflete a redução das barreiras protecionistas e o processo de privatização das empresas estatais.



Gab: D



02 - (UESPI)

A globalização atinge quase todos os países, mudando tradições e afirmando novos hábitos culturais. É forte a presença da tecnologia na sua expansão. No Brasil, por exemplo, a globalização:



a) teve atuação limitada em decorrência do domínio da cultura importada dos Estados Unidos.

b) atingiu tradições seculares, definindo o fim das hierarquias e das desigualdades de direitos.

c) foi taxativa na divulgação de ideias universais no sentido de reafirmar antigas utopias.

d) transformou modelos sociais antigos e causou polêmica entre intelectuais e políticos.

e) restringiu-se a aumentar a capacidade de produção do país na área industrial.



Gab: D



03 - (UERJ)

A charge de Henfil acima faz referência à influência dos meios de comunicação, especialmente da televisão, na construção de uma identidade nacional.







(O Globo, 11/05/2005)

A interação entre realidades regionais e a chamada “mídia de massa”, na sociedade brasileira atual, tem como principal conseqüência:



a) resgate da história local

b) difusão de modelos culturais

c) crescimento da integração regional

d) fortalecimento da diversidade social



Gab: B



04 - (UEL PR)

“Art. 3º. – Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:



I. Construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II. Garantir o desenvolvimento nacional;

II. Erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

III. Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer formas de discriminação.”

(Constituição do Brasil de 1988. Brasília: Equipe Técnico-jurídica, s.d. p.1.)



O texto constitucional subsidia a ação dos movimentos sociais brasileiros atuais que defendem:

a) A globalização como saída para eliminar ou atenuar as diferenças regionais, uma vez que os países globalizados são verdadeiros blocos econômicos supranacionais.

b) O respeito à liberdade, como direito formal, ignorando os ideais de justiça social, uma vez que o direito de ser livre é o ponto central dos regimes revolucionários.

c) O nacionalismo extremado voltado para o desenvolvimento interno, à revelia dos mercados financeiros globais.

d) Um conceito de cidadania que consiga afirmar critérios de justiça, os quais corrijam e superem as grandes desigualdades econômicas, étnicas e culturais que assolam o país.

e) A integração dos movimentos sociais em um partido de oposição às políticas nacionais de cunho racista e discriminatório.



Gab: D



05 - (UEL PR)

Analise a letra da canção a seguir.



“Venha provar meu brunch / Saiba que eu tenho approach / Na hora do lunch / Eu ando de ferry boat / Eu tenho savoirfaire / Meu temperamento é light / Minha casa é high tech / Toda hora rola um insight [...] Minha vida agora é cool / Meu passado é que foi trash / Fica ligada no link / Que eu vou confessar my love / Depois do décimo drink / Só um bom e velho Engov / Eu tirei o meu green card / E fui pra Miami Beach / Posso não ser pop star / Mas sou um noveau riche / Eu tenho sex-appeal / Saca só meu background [...] Não dispenso um happy end / Quero jogar no dream team / De dia um macho man / E de noite drag queen. (Canção “Samba do approach”, de Zeca Baleiro.)



A letra propõe uma reflexão sobre a cultura e a sociedade brasileira contemporânea. Sobre o tema, é correto afirmar.

a) A incorporação de termos estrangeiros no cotidiano é pouco relevante para a compreensão da complexidade das relações entre o local e o global.

b) A jocosa associação entre macho man / dia e drag queen / noite traduz o triunfo, na sociedade brasileira, do respeito às diferenças de gênero e aos seus respectivos comportamentos.

c) A crítica ao uso recorrente de termos, sobretudo em inglês, pelos brasileiros que têm acesso às novas tecnologias, a exemplo da informática, remete à incorporação de uma língua-padrão e de práticas culturais globais.

d) Para o compositor, na sociedade brasileira contemporânea, a incorporação de um padrão de comportamento vindo do exterior elimina a diversidade cultural e regional.

e) A canção reconhece a importância das trocas culturais, inclusive as lingüísticas, para a afirmação de nossa cultura nacional.



Gab: C



06 - (UESPI)

A modernização da sociedade brasileira trouxe invenções tecnológicas que mudaram o cotidiano da população. Há uma massificação da cultura, um sistema de comunicação que transforma o mundo numa verdadeira aldeia global. No entanto, podemos afirmar que:

a) A globalização garantiu o fim de muitas diferenças sociais marcantes e desumanas.

b) Não houve qualquer benefício para as populações mais pobres, nesse processo de modernização.

c) As mudanças no cotidiano não são importantes para a análise da sociedade, pois disfarçam as contradições sociais.

d) Faltou maior planejamento social no processo de modernização, sobretudo nas regiões mais pobres, como o Nordeste.

e) A proximidade garantida pelo sistema de comunicação não está relacionada com a modernização da sociedade.



Gab: D



07 - (UERJ)

A charge se refere criticamente aos processos de transformação tecnológica de serviços públicos tradicionais, tais como o ensino.





(Folha de São Paulo, 29/11/2000)



Essa crítica se baseia no pressuposto de que a eficácia das novas tecnologias depende do seguinte fator:

a) Encarecimento de custos do ensino público.

b) Revolução nas condições de vida locais.

c) Tendência à privatização do ensino.

d) Contexto social de seus usuários.



Gab: D



08 - (PUC RS)

O segundo mandato do Presidente Fernando Henrique Cardoso foi marcado por uma política interna de ________, e uma política externa, no âmbito do continente americano, de ________.

a) Arrocho salarial – isolacionismo

b) Estabilidade monetária – fortalecimento do Mercosul

c) Controle do déficit público – implementação da ALCA

d) Juros baixos – protecionismo comercial

e) Investimento no setor público – incentivo à importação



Gab: B



09 - (FUVEST SP)

Sobre os últimos 50 anos no Brasil, é possível afirmar que:

a) Cresceu a população das cidades, desapareceu a dependência econômica e acentuou-se o preconceito racial.

b) Progrediu a tendência ao federalismo, a Igreja Católica perdeu seu poder e foram raras as crises econômicas.

c) Aumentou o setor de serviços, houve significativo êxodo rural e a condição da mulher transformouse.

d) Melhorou a pesquisa científica, a economia atingiu patamares de primeiro mundo e a tecnologia alcançou a maioria da população.

e) Avançou a reforma agrária, a renda nacional passou a ser melhor distribuída e aumentou o protecionismo à produção nacional.



Gab: C



10 - (UFF RJ)

Em um dos seus livros, Paul Singer se refere às "características sociais nefastas" da urbanização nos países latino-ameircanos, incluíndo o Brasil.

(SINGER, Paul. Economia política da urbanização.

São Paulo: Brasiliense CEBRAP, 1973, p. 63.)

Indique, das opções abaixo, a que exemplifica adequadamente tais características:

a) Queda na produção de alimentos, levando à fome nas cidades pela insuficiência do abastecimento.

b) Migração rural-urbana, crescimento desordenado das cidades, serviços urbanos deficientes, multiplicação dos sinais exteriores de miséria.

c) Explosão demográfica, falta de reforma agrária, tecnológica industrial altamente avançada mas que não cria suficientes empregos.

d) Conflitos entre campo e cidade por diferenças culturais profundas e devido a fortes diferenças de interesses políticos e econômicos.

e) Regimes políticos ditatotriais que reprimem os movimentos urbanos da revolta ou mobilização política, pelo qual os problemas das cidades ficam sem solução.



Gab: B

Um comentário:

Bruno disse...

ei fabio por que os estudantes em 1964 da usp e mackenzia se enfretaro ?.(o que é mackenzia ? )